A Paraíba o tempo todo  |

Galdino avisa que se não for vice de João precisará ser “convencido” da decisão por outro nome

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Adriano Galdino não nega. Se receber o convite para ser o vice-governador na chapa de João Azevêdo (Cidadania) nas eleições do ano seguinte, não pensa duas vezes para aceitar.

“Nós vamos estar prontos como soldados para servir à gestão de João Azevêdo com a base aliada”, afirmou.

Apesar de dizer repetidas vezes que é solução e não problema, Galdino deixou claro que se não for escolhido, precisará ser convencido de que existe outro nome melhor que o seu para não ficar “magoado”.

“Se houver um convencimento de que tem companheiros de outros partidos que também merecem estar lá e se eu ficar convencido disso, não tem problema nenhum. Eu quero é ser ouvido, eu quero compartilhar esses entendimentos para que possamos chegar a uma chapa competitiva, uma chapa para ganhar as eleições de 2022”, disse durante a coletiva na qual ele e o seu irmão, o pré-candidato a deputado federal Murilo Galdino, anunciaram apoio à Efraim para o Senado.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe