A revista Veja, na sua coluna Radar, trouxe nesta sexta-feira (07) que o Centrão não perdoa Gilberto Kassab, presidente do PSD. Seduzido por ofertas de cargos feitas pelo governo, ele determinou que os deputados do partido votassem a favor da permanência do Coaf com Sérgio Moro. Agora vai ter de pagar um pedágio alto para refazer as relações com o grupo que manda na Câmara.

 

Deputados do PSD também reclamam. O governo até agora não entregou os cargos prometidos em troca do apoio. Recentemente quem se filiou ao PSD paraibano assumindo o comando da sigla no Estado foi o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, que tem mantido uma boa relação com o governo do presidente Jair Bolsonaro.

 

Romero inclusive anunciou nas eleições de 2018, seu apoio à candidatura de Bolsonaro na cidade. A saída de Romero do PSDB para o PSD já havia sido anunciada no dia 23 de abril. Na ocasião, o anúncio foi feito pela executiva nacional do partido que classificou a chegada de Romero como uma conquista já que para a direção da agremiação ele é uma “importante liderança”.

 

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, saudou a chegada do prefeito e ressaltou que ele terá um papel de destaque no partido. “Romero Rodrigues é um quadro muito experiente, prefeito reeleito da segunda maior cidade da Paraíba, Campina Grande, tendo já cumprido mandatos nos três níveis legislativos e, com a excelente gestão que vem desenvolvendo, terá papel de destaque no fortalecimento do PSD paraibano”, destacou.

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ana Cláudia lançamento do edital do selo social “Prefeitura Parceira das Mulheres”

Na última quinta-feira (15) o Diário Oficial do Estado (DOE) trouxe a publicação do edital de lançamento do selo social “Prefeitura Parceira das Mulheres”, que tem como objetivo selecionar e…

PL de Vené proíbe taxa diferenciada por curso em inscrição para vestibular

Comissão do Senado aprova projeto de Veneziano que proíbe taxa diferenciada por curso, em inscrição para vestibular A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal (CE) aprovou o…