A Paraíba o tempo todo  |

Ação póstuma: prefeito que construiu cemitério é o primeiro a ser enterrado em Mataraca

Foi com recursos próprios que o prefeito João Madrugada construiu um novo cemitério pra Mataraca, cidade do litoral norte da Paraíba. Quis o destino, com suas refinadas ironias, que ele fosse o primeiro a inaugurá-lo. Mas não em vida.

 

Morto na manhã desta sexta-feira, após sofrer problemas cardíacos, o prefeito João Madrugada, que se tratava de um câncer em São Paulo, foi o primeiro a ser enterrado no novo cemitério da cidade.

 

Foi hoje à tarde, sob forte comoção popular, que ele preencheu a primeira cova do cemitério.

 

A cena remete ao clássico da teledramaturgia brasileira, O Bem Amado, quando o incorrigível Odorico Paraguaçu, prefeito da fictícia Sucupira, foi o primeiro a inaugurar o cemitério que construiu.

 

Não fosse, lógico, o reconhecido esforço real que o prefeito João Madrugada teve, em vida, para garantir outro cemitério pra Mataraca, visto que o antigo não mais suportava a demanda da região.

 

Pra muitos, o enterro de Madruga no novo cemitério foi uma homenagem da cidade ao prefeito. Que, além do cemitério, também acabou “inaugurando” uma creche que deixou pra abrir, ao ter o corpo velado no novo prédio durante todo o dia.

 

Para outros, fica a lição. Bom seria que os gestores públicos fossem sempre obrigados a usar aquilo que constroem. Sairia tudo melhor.

 

Luís Tôrres

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe