O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), minimizou, durante entrevista, nesta quinta-feira (28), o teor de uma declaração do secretário da Ouvidoria Municipal da Capital, Benilton Lucena – em um áudio vazado – em que o auxiliar minimiza o potencial do secretário Diego Tavares (PV) para encabeçar a sucessão municipal em 2020.

Segundo Cartaxo, a fala de Benilton representa apenas uma conversa informal, sem muita importância.“Uma conversa informal do secretário Benilton. E ele afirma claramente que nós não estamos em campanha, nós estamos trabalhando pela cidade de João Pessoa. O ano que vem o PV vai apresentar um nome forte e competitivo para a gente ganhar as eleições e dar sequência a esse trabalho, avançando ainda mais na cidade, nas políticas públicas, para gente continuar, ainda mais, transformando a vida das pessoas”, ressaltou.

ENTENDA

No áudio vazado, Benilton revelou que era mesmo Diego Tavares o nome escolhido por Cartaxo para disputar a sucessão da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Durante o áudio Benilton diz duvidar que Diego teria força o suficiente para bater de frente, principalmente porque, segundo ele, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) deve vir reforçado para o pleito.

“Diego. É Diego. Não sei se tem potencial, se vai conseguir” declarou.

O nome do ex-senador Cícero Lucena também é citado e Benilton afirma que para ele esse seria o único nome capaz de “fazer alguma cócega” na disputa pela PMJP.

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Ou acompanha o governador ou pede para sair” diz secretário sobre cargos no governo

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, declarou durante entrevista a uma emissora de rádio paraibana que ainda não definiu para qual partido ao qual deverá se filiar após…

PBPrev: Eduardo Carneiro anuncia canal para servidores sugerirem emendas

O deputado Eduardo Carneiro inovou e colocou à disposição dos paraibanos um canal de comunicação para que sejam sugeridas emendas à PEC que trata sobre a reforma da Previdência na…