Os secretários Waldson Souza (de Planejamento) e Livânia Farias, atual titular da pasta de Administração da gestão João Azevêdo, já estariam preparando suas cartas com pedido de exoneração do Governo do Estado para serem entregues nos próximos dias a fim de se dedicarem apenas a formular suas defesas no âmbito da Operação Calvário, que investiga supostos desvios em contratos de gestão de unidades de saúde durante o Governo Ricardo Coutinho II.

Com a atitude, segundo informações exclusivas obtidas pelo portal PB Agora, o objetivo dos auxiliares será também assegurar a governabilidade do governo João, que tomou posse no dia 1º de janeiro de 2019 e vem mantendo um fluxo de trabalho efetivo e de planejamento em todos os âmbitos da administração, sobretudo comprovando que os investimentos realizados na área da saúde são compatíveis com a demanda existente.

Ainda conforme informações obtidas pelo portal, o primeiro a entregar a carta seria Waldson Souza, que teve áudios vazados na imprensa na semana passada, os quais deram margem a interpretações midiáticas duvidosas, gerando desconforto e mal estar interno.

A expectativa é que Livânia efetive o afastamento uma semana após o colega Waldson, também disposta a se defender e provar sua inocência.

Ambos, ao que tudo indica, estão tranquilos com o processo e por isso querem deixar o governador à vontade para tocar o trabalho no Estado.

Ainda não há nomes de substitutos cotados para as duas pastas.

 

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Base instável: Bruno cutuca racha no PSB e diz que RC fazia de aliados reféns

Pré-candidato à prefeitura de Campina Grande, o ex-deputado estadual Bruno Cunha Lima (sem partido), que chegou a atuar como líder da oposição ao Governo Ricardo Coutinho na Assembleia Legislativa da…

Diego Tavares se esquiva da briga do PSB: “Cada um que resolva seus problemas”

Muitos são os políticos que estão tomando partido na briga do PSB da Paraíba que culminou com a saída do governador João Azevêdo dos quadros do partido e prevê uma…