A Paraíba o tempo todo  |

15 dias: candidatos de JP e CG já gastaram mais de R$ 2,2 mi

Em 15 dias de campanha, candidatos de JP e CG já gastaram mais de R$ 2,2 mi
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A um mês da eleição, os gastos dos prefeitáveis de João Pessoa e Campina Grande, já ultrapassam R$ 2 mi desde o início da campanha.

De acordo com dados repassados à Justiça eleitoral, até o momento todos os candidatos das duas principais cidades da Paraíba somaram exatos R$ 2.176.171,60.

Em João Pessoa, a candidata Cida Ramos (PSB) lidera o volume de gastos realizados, com pouco mais de R$ 760 mil.

A campanha do candidato à reeleição de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), é a segunda mais cara da Capital, com contratos que somam R$ 557.033,51, seguido de Charliton Machado, do PT, com gastos de R$ 118 mil, e Victor Hugo (PSOL), com R$ 11,60.

Segundo maior colégio eleitoral da Paraíba, em Campina Grande, também tem exigido dos candidatos a prefeitos da cidade, gastos elevados na campanha eleitoral.

Candidato do PMDB, o deputado federal licenciado Veneziano Vital do Rêgo, já gastou até o momento R$ 660 mil. Artur Bolinha, do PPS, é o segundo postulante com maior volume de gastos na campanha, com R$ 94,6 mil, seguido de Adriano Galdino (PSB), com R$ 46,5 mil, Romero Rodrigues (PSDB), com R$ 60,00.
Os candidatos David Lobão (PSOL) e Walter Brito Neto (PEN) ainda não efetuaram despesas na campanha.

Candidatos a prefeito em 198 cidades paraibanas só vão poder gastar no máximo R$ 108 mil na campanha deste ano, de acordo com a atualização dos limites divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Nas eleições municipais de 2016 segundo teto máximo para gastos de campanha definidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as duas campanhas mais caras serão as de Campina Grande e João Pessoa.

Em João Pessoa, os limites são de R$ 2,4 milhões para o primeiro turno e R$ 739,5 mil no segundo. 

Já a cidade de Campina Grande terá a campanha mais cara do estado. Os candidatos a prefeito em Campina podem gastar até R$ 3,4 milhões no primeiro turno e R$ 739,5 mil no segundo.

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe