Por pbagora.com.br

A prefeitura de Lucena, no Litoral Norte paraibano, liberou, neste domingo (28), a travessia entre Cabedelo e Costinha em barca-ônibus durante os dias 29 de março e 2 de abril. A decisão visa atender as pessoas que residem em Lucena, mas trabalham em outros municípios da Grande João Pessoa, como é o caso de Cabedelo.
A medida foi autorizada por meio de decreto municipal publicado no Diário Oficial do município, após entendimento entre o prefeito Léo Bandeira e o governador João Azevêdo. A iniciativa também contou com o apoio do deputado Ricardo Barbosa.
De acordo com o decreto, as barcas-ônibus poderão funcionar com a capacidade de lotação reduzida em 50%, desde que sejam observados todos os protocolos sanitários, como uso de máscaras, uso de álcool a 70% e aferição da temperatura.
O primeiro horário da barca saindo de Cabedelo é às 5 h, com encerramento às 20h. Já de Costinha, a primeira barca sai às 5h15, encerrando a operação às 20h15. (Confira abaixo todos os horários)

O prefeito Léo Bandeira agradeceu a sensibilidade do governador João Azevêdo e a articulação feita pelo deputado Ricardo Barbosa para beneficiar a população que depende do transporte para garantir a subsistência. “A medida vai ajudar a muitos pais de família que precisam de fazer esse deslocamento todos os dias para trabalhar em outras localidades”, afirmou.
O prefeito voltou a reforçar a necessidade da população manter à risca todos os protocolos, como uma das formas de evitar possível propagação do vírus na cidade, e ressaltou o esforço da gestão municipal para garantir uma melhor assistência na rede municipal de saúde.

Notícias relacionadas

Regado a elogios: Julian destaca aproximação com João Azevêdo

O deputado federal Julian Lemos, presidente estadual do PSL na Paraíba, elogiou a maneira de como o governador João Azevêdo (Cidadania) vem conduzindo os destinos do estado. “Ele é um…

Aguinaldo revela que não tem dificuldades de firmar aliança com o governador

O deputado federal, Aguinaldo Ribeiro, presidente do Progressista, em entrevista a imprensa afirmou ontem (20) que a sigla vai está na majoritária, nas eleições de 2022 e não tem dificuldades…