Por pbagora.com.br

No fim da tarde desta terça-feira (12), um crime de extrema violênacia chocou moradores do bairro do Ernani Sátiro, em João Pessoa. Pai e filho foram esfaqueados. O pai morreu. O crime aconteceu em uma residência onde os dois estavam trabalhando.

De acordo com informações repassadas à polícia, o autor do crime seria um vizinho das vítimas.

Devid a gravidade dos ferimentos, o pai não resistiu e morreu ainda no local. O filho foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Testemunhas disseram que as vítimas estavam trabalhando na reforma de um casa quando teve início uma confusão com um vizinho, que foi até o portão da casa e chamou um dos homens. O filho teria ido até a entrada da casa quando o vizinho se aproximou e, sem nada dizer, o atacou. Logo em seguida o suspeito passou a agredir o pai da primeira vítima.

De acordo com o hospital, o filho foi agredido com 14 facadas e teria se fingido de morto para não ser assassinado, quanto que seu pai não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A polícia ainda investiga o que teria motivado o crime. O suspeito não foi localizado.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Foragido da justiça há dois anos é preso pela PRF em Bayeux

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba prendeu na manhã desta quinta-feira (6), no município de Bayeux, um homem foragido da justiça há dois anos. A prisão ocorreu durante abordagem realizada…

Polícia Civil irá investigar assassinato de pré-candidato em Pedras de Fogo

A Polícia Civil irá investigar o assassinato do empresário Abson Matos Paiva, conhecido em Pedras de Fogo pelas críticas à gestão do prefeito Dedé Romão, que foi assassinado, na noite…