Por pbagora.com.br

As multas pelo não uso do cinto de segurança nos veículos tiveram um aumento superior a 500% em 2018 em relação ao ano anterior, de acordo com dados da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) de João Pessoa. Este ano, até o mês de setembro, foram mais de duas mil multas acima do total registrado durante todo o ano passado. A falta de consciência no trânsito é apontada pelo diretor de Operações da Semob, Cristiano Nóbrega, como a principal explicação para um crescimento tão relevante.

 

A lei para uso do cinto de segurança, inclusive no banco de trás do veículo é extremamente importante para garantir a segurança dos passageiros. Porém, muita gente não respeita, mesmo sabendo que há multa e, principalmente sérios riscos em caso de acidente, inclusive de morte. A mesma resistência ocorre em relação ao uso da cadeirinha para crianças.

 

“O problema no trânsito hoje é a falta de consciência. A gente vê que a mídia divulga diariamente boletim com relação a trânsito, e os principais motivos de acidentes são alcoolemia e, principalmente uso de celular, falando ou mandando mensagem. Isso está matando as pessoas, mas elas continuam errando”, observou o diretor.

 

Ele lembrou que nas lombadas eletrônicas, por exemplo, existe sinalização. No entanto, moradores da área, que conhecem a região, continuam sendo multados. Há ainda a questão da reação grosseira dos condutores quando há abordagem e trabalho educativo dos agentes.

 

De acordo com a Semob, as câmeras fazem a fiscalização de não uso de cinto e inobservância da segurança de crianças dentro do veículo, e não há distinção se o passageiro estava no banco traseiro ou dianteiro. O arrecadado com as multas é investido em sinalização, fiscalização, educação para o trânsito, planejamento, manutenção e melhoria nas condições das vias.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

Delegada dá dicas e alerta sobre o perigo de ‘vantagens fáceis’ na web

Quando o assunto é cibersegurança, os bandidos quase sempre saem na frente. Há muitas razões para isso, começando pelo fato da segurança ser basicamente algo reativo, sem contar na desigualdade…

Funcionários são presos por furto em loja de material de construção de JP

Dois funcionários de uma loja de material de construção localizada no bairro do Geisel, em João Pessoa, foram presos em flagrante na noite de ontem (19) pelas equipes da Delegacia de…