Por pbagora.com.br

05O laudo pericial aponta que o empresário Helton Pessoa foi atingido com um tiro na cabeça e que os disparos foram dados pelas costas. A informação foi divulgada pelo advogado Daniel Alisson, da defesa da vítima. A esposa de Helton cumpre prisão domiciliar como principal suspeita do crime. Ela alegou que atirou em legítima defesa e que teria sido espancada por Helton.

Segundo o levantamento pericial, segundo o advogado da família de Helton, Daniel Alisson, aponta que o primeiro tiro que atingiu Helton foi dado pelas costas enquanto o vidro do box estava fechado. Segundo Daniel, a constatação desmente a afirmação de que o tiro teria sido dado após a atiradora se sentir ameaçada e afirmar “legítima defesa”.

À polícia, Taciana declarou que atirou contra o marido após ele a ameaçar de morte. Ela ressaltou que o casal discutiu antes do crime e que agiu para se defender. A empresária alegou que a ação foi por legítima defesa.

Contra Taciana, foi cumprido um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. No entanto, a medida foi convertida em prisão domiciliar de acordo com a assessoria da Polícia Civil da Paraíba.

A suspeita foi interrogada na Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, em João Pessoa. O caso está sendo investigado pelo delegado Reinaldo Nóbrega. De acordo com a instituição, após ser ouvida, ela foi submetida a exames de corpo de delito e levada para um presídio, onde recebeu uma tornozeleira eletrônica. Em seguida, foi encaminhada à residência informada no processo.

A Polícia deve ouvir amigos e familiares e aguardar a conclusão da perícias. No dia em que o crime ocorreu, as primeiras diligências foram adotadas pela equipe da Delegacia de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa. Em seguida, os trabalhos foram encaminhados para a equipe do Núcleo de Homicídios de Santa Rita, que solicitou a prisão preventiva dará prosseguimento ao inquérito policial .

A arma do crime foi apreendida pela polícia. O objeto pertencia à própria vítima. O corpo do fazendeiro foi enterrado na cidade de Arara, no Brejo paraibano. As investigações terão continuidade.

Redação

Notícias relacionadas

Homem que estava desaparecido é encontrado morto dentro de Banco, em Sousa

Um homem foi encontrado sem vida no interior da Agência da SICREDI, no Centro da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba. De acordo com as informações ele estava desaparecido…

Novo decreto tem mudanças sobre a venda de bebidas alcoólicas na capital

O decreto municipal que estabelece novas medidas de enfrentamento à Covid-19 em João Pessoa teve mudanças em uma nova edição publicada na noite de ontem (24). Houve mudanças em relação…