Após permanecer nove meses foragido, um homem foi preso na tarde desta terça-feira (17), em João Pessoa, pela Polícia Civil. Ele é o principal suspeito de ter matado a golpes de faca a própria companheira. A prisão foi realizada na cidade de Alhandra por equipes da Delegada de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa (DCCPES/JP) e Núcleo de Homicídios do Litoral Sul.

O crime ocorreu na noite de 10 de maio do ano passado, no bairro do Ernany Sátiro , na Capital. A vítima foi identificada como Iruza Maria, de 36 anos.

O homem teve a prisão preventiva decretada após ser apontado pelas investigações como o autor do feminicídio. Ele estava ingerindo bebida alcoólica em companhia da vítima, na residência do casal, quando começou uma discussão. A mulher foi morta após sofrer dois golpes de faca. O crime causou forte comoção entre parentes e amigos da vítima.

O suspeito foi encaminhado para a carceragem da Central de Polícia Civil e, em seguida, será apresentado à Justiça.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PM deflagra Operação para garantir cumprimento de medidas de combate ao coronavírus na PB

Como forma de garantir as medidas de proteção da população e prevenção do novo coronavírus, a Polícia Militar deflagrou , na noite desta sexta-feira (27), a Operação Previna-se II. A…

Polícia localiza ‘esconderijo’ de quadrilha que estaria praticando assaltos em CG

A Polícia Militar acaba de desarticular uma quadrilha que estaria praticando roubos de carros, em postos de combustíveis, casas e a pessoas, nos últimos 15 dias, em vários bairros de…