Por pbagora.com.br
Imagem Ilustrativa

Após permanecer nove meses foragido, um homem foi preso na tarde desta terça-feira (17), em João Pessoa, pela Polícia Civil. Ele é o principal suspeito de ter matado a golpes de faca a própria companheira. A prisão foi realizada na cidade de Alhandra por equipes da Delegada de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa (DCCPES/JP) e Núcleo de Homicídios do Litoral Sul.

O crime ocorreu na noite de 10 de maio do ano passado, no bairro do Ernany Sátiro , na Capital. A vítima foi identificada como Iruza Maria, de 36 anos.

O homem teve a prisão preventiva decretada após ser apontado pelas investigações como o autor do feminicídio. Ele estava ingerindo bebida alcoólica em companhia da vítima, na residência do casal, quando começou uma discussão. A mulher foi morta após sofrer dois golpes de faca. O crime causou forte comoção entre parentes e amigos da vítima.

O suspeito foi encaminhado para a carceragem da Central de Polícia Civil e, em seguida, será apresentado à Justiça.

Notícias relacionadas

Casos de embriaguez ao volante na PB aumentam e preocupam a PRF

Maio Amarelo – No mês de conscientização da gravidade dos acidentes de trânsito, a PRF alerta sobre os riscos de se dirigir sob efeito de álcool. Em 2020, dirigir embriagado…

Suspeito de assalto é baleado durante troca de tiros, em Pedras de Fogo

Um assaltante foi baleado durante uma troca de tiros com a polícia enquanto era perseguido. O caso foi registrado na noite de ontem (16), na cidade de Pedras de Fogo,…