A polícia apreendeu um menor de idade suspeito de ter participado da organização do atentado que levou ao massacre de cinco estudantes, um empresário e dois funcionários da Escola Estadual Raul Brasil, na última quarta-feira (13), na cidade de Suzano, em São Paulo.

Os dois autores do crime também morreram.

Como se trata de um menor de idade, portanto inimputável, ele ficará à disposição da Justiça.

O pedido de apreensão foi formulado pela polícia. Num primeiro momento, o Ministério Público foi contra, mas a polícia insistiu e agora obteve com a Justiça a tutela do Estado.

 

Agência Brasil

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia investiga assassinato de homem a tiros de espingarda em Gado Bravo

Na manhã deste domingo (25), na zona rural de Gado Bravo, Agreste da Paraíba, ocorreu um assassinato, quando um homem foi morto a tiros de espingarda calibre 12. Segundo informações…

Delegados federais divulgam carta em defesa da autonomia da PF

Delegados da Polícia Federal divulgaram, nesta sexta-feira (23/8), uma carta em que defendem medidas legislativas para garantir a autonomia da corporação, evitando interferências políticas. O texto é uma resposta ao…