Mais um fato sobre o assassinato do radialista Joacir Oliveira Filho, que tem como suspeito o corretor de imóveis Roberto Vicente Correia do Monte, ocorreu é que Roberto teve seu registro profissional cassado pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba (Creci-PB), na última quinta-feira, 19.

A decisão, de acordo com o presidente do Creci, Rômulo Soares, ocorreu diante da grande repercussão popular, e gravidade do caso, que pode ter prejudicado a imagem da categoria junto à sociedade.

O registro profissional do acusado estava suspenso temporariamente desde junho, mas o processo foi novamente instaurado e julgado pela Comissão de Ética e Fiscalização Profissional (Cefisp).

Roberto Vicente é tido como suspeito do crime ocorrido em maio deste ano, em um restaurante localizado no centro de Campina Grande. Segundo a Polícia o assassinato teria sido motivado após uma discussão sobre um relógio.

 

Redação

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia desarticula laboratório e ponto de venda de drogas em JP

A noite dessa segunda-feira (21) terminou com mais uma apreensão de drogas e um laboratório para refino de entorpecentes desarticulado pela Polícia Militar. Desta vez, os dois pontos utilizados pelo…

Adolescentes são apreendidos após furtarem bebidas, em JP

Na madrugada desta terça-feira (22), dois adolescentes foram apreendidos com cervejas e refrigerantes furtados de um espetinho localizado no bairro de Tambaú, na Capital paraibana. Ao serem abordados pela polícia,…