A mãe de Nathália Donato de Lima, de 28 anos, que foi encontrada morta na praia do Bessa, em João Pessoa, no início de agosto, fez um desabafou nesta terça-feira (18), em entrevista a uma emissora de televisão da capital. Ela falou sobre o genro, Vinícius Gabriel Ferreira Viana, de 24 anos, que foi preso e levado ao presídio do Róger após ser apontado como principal suspeito do crime.

“Vivendo com ele normalmente ele nunca me destratou, muito pelo contrário, me tratava até melhor do que antes. Um bom homem era o que ele representava aqui em casa. A minha filha gostava muito dele, ela jámais iria desconfiar de que ele fosse capaz”, disse a mulher, que passou a conviver mais de perto com Vinícius depois da morte da filha, e chegou até mesmo a defender o genro de qualquer acusação.

Ela também confirmou que a filha estava grávida de 6 meses quando morreu, e revelou ainda que o rapaz mentiu quando disse ser militar da Marinha, tendo passado apenas um ano no curso. “Ele não era militar, nunca foi nada”, enfatizou.

Na tarde da terça-feira (18), a Polícia Civil prendeu Vinícius Gabriel no apartamento em que ele morava no bairro de Manaíra, por considerar que existem todas as evidências de que ele é culpado, como apontou o delegado Reinaldo Nóbrega.

Uma dessas evidências é de que o crime pode ter sido motivado por uma apólice de seguro de vida no nome da vítima, no valor de R$ 400 mil, que o suspeito era beneficiário e teria a intenção de embolsar.

A mãe de Nathália também contou o que sentiu quando encontrou o genro na delegacia ontem. “Quando eu vi o Vinícius naquela sala [delegacia], quando eu fui pegar meu telefone, eu vi a arma do Dr. Reinaldo [Nóbrega, delegado], a vontade que eu tinha era de dar a volta por trás, pegar aquela arma e meter uma bala na testa dele à queima roupa […] Ontem eu estava muito mal, muito mal mesmo”, complementou ela. As informações são do portal T5

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Briga em bar em JP, termina com motorista atingido por bala perdida

Mais uma discussão, aparentemente por motivos banais, terminou com um motorista de aplicativo baleado durante atentado a outro homem, no bairro Funcionários, em João Pessoa. O crime aconteceu na noite…

Bandidos são lixados por populares após assaltar turista em João Pessoa

Um assalto a um turista na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, ontem (20), terminou mal para os acusados, quando populares deteram os dois homens e um adolescente e começaram…