A Paraíba o tempo todo  |

Sobrevivente da chacina de Marcação revela como conseguiu escapar: “Me fingi de morto”

Em declaração à imprensa um dos sobreviventes da chacina ocorrida na madrugada de hoje (11) na cidade de Marcação, no litoral paraibano, revelou como conseguiu escapar do massacre. “Me fingi de morto. Aproveitei que eles foram atrás dos outros e corri. Eram cinco ou seis homens. Não sei como chegaram, só os vi de repente”, disse.

O ataque aconteceu no Litoral Norte da Paraíba durante a madrugada desta segunda-feira (11), e deixou seis mortos e outras seis feridos. Um total de 15 pessoas – incluindo uma criança – estavam no local. Uma das vítimas tentou se esconder atrás de um guarda-roupas, mas foi atingida. Entre os mortos, estão três homens e três mulheres. Após o crime, os suspeitos fugiram. As vítimas teriam retornado de uma seresta, quando o grupo resolveu beber para ‘fechar a noite’. Contudo, ao menos cinco homens armados invadiram o local e atiraram contra os presentes.

Estado das vítimas

Dos seis feridos, três foram encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma, de João Pessoa – onde deram entrada por volta das 3h durante a madrugada, e passaram por procedimentos cirúrgicos. Eles possuem 15, 20 e 21 anos. O trio segue estável.

Os demais feridos foram atendidos em unidades de saúde da região. Até a publicação desta matéria não haviam detalhes sobre os respectivos estados de saúde nem com relação as identidades.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      9
      Compartilhe