A Paraíba o tempo todo  |

Sepultamento das vítimas da chacina de Marcação acontece nesta terça-feira no Vale do Mamanguape

Os corpos de cinco vítimas de uma chacina no município de Marcação foram liberados pelo Instituto de Medicina Legal (IML). O velório e sepultamento das vítimas acontecem nesta terça-feira (12), no Vale do Mamanguape.

O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (11), quando  um ataque a tiros deixou seis mortos e seis feridos na Aldeia Caieira, na zona rural do município. De acordo com a Polícia, pelo menos 15 pessoas entre adultos, adolescentes e crianças estavam no local.

As vítimas foram identificadas como Adriana Gomes da Silva (41 anos), Fabiana Firmino da Silva, que estava grávida, Maria Clara Gomes Barbosa e Eduardo Gomes (13 anos), Douglas Fidelis Vasconcelos (19 anos) e José Rodolfo dos Santos Justino (15 anos).

Dos seis feridos, três foram encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e passaram por procedimentos cirúrgicos. Eles possuem 15, 20 e 21 anos. A vítima de 20 anos teve alta médica confirmada. Os demais feridos foram atendidos em unidades de saúde da região

A chacina que aconteceu em terras indígenas na cidade de Marcação, no Litoral Norte da Paraíba, pode ter sido motivada por uma disputa por território de tráfico de drogas na região. Conforme o delegado Sylvio Rabelo, há indícios de que na casa onde a chacina aconteceu funcionava um ponto de venda de drogas. Até o momento, ninguém foi preso.

Adriana Gomes era a dona da casa. Maria Clara e Eduardo eram filhos dela, enquanto que Fabiana, a única pessoa não-indígena entre os mortos, era nora de Adriana e estava grávida.

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe