As famílias que ocupam o galpão da CBTU ameaçam acampar em frente a casa do prefeito Ricardo Coutinho, caso sejam despejadas do terreno.

Cerca de 60 homens da Polícia Militar e 20 agentes da Polícia Federal estão neste momento na Estação Ferroviária de João Pessoa, para cumprir um mandado de reintegração de posse em um galpão da CBTU ocupado deste outubro do ano passado.

Algumas famílias já vieram despejadas da Barra de Gramame, zona rural de João Pessoa. Um dos ocupantes o senhor, Antonio Carlos Alves, aos prantos pede ao prefeito " Prefeito, quando o senhor tiver almoçando sentado na sua "cadeira de ouro" lembre das famílias para quem o senhor pediu votos", apela Antonio Carlos.

As famílias, que estão há 4 meses no local reclamam que desde outubro aguardam a possibilidade de se cadastrarem em programa habitacional da prefeitura de João Pessoa, que somente na manhã de ontem foi feito.

No local neste momento existe toda uma infra-estrutura para execução desta operação, envolvendo viaturas do SAM, caminhões para transporte e policiamento de choque.

A desocupação aponta para uma saída pacífica, já que no local encontram-se crianças, gestantes e idosos.
 

Clilson Júnior / Thiago Moraes

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF dá parecer favorável a soltura de preso na “Operação Calvário”

Ontem (25), foi revelado um parecer do Ministério Público Federal favorável a soltura de um dos presos da última fase da Operação Calvário, se trata de Breno Dornelles Pahim Neto.…

Mulher morre após ser atingida por tiros em Patos, no Sertão da Paraíba

Uma mulher de 27 anos morreu após ser atingida por tiros na noite de sexta-feira (24), no município de Patos, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil,…