Por pbagora.com.br
Foto: divulgação / PMPB
 
 

Sem respeitar as normas de isolamento social devido a pandemia causada pelo novo coronavírus, participantes de uma festa de Réveillon com mais de mil pessoas sem máscaras e aglomeradas teriam jogado garrafas contra policiais militares que teriam sido chamados para acabar com o evento que ocorria na madrugada desta sexta-feira (1º), em João Pessoa.

Um jovem de 18 anos foi preso em flagrante com uma arma de fogo. O evento acontecia na comunidade Alagoinha, no bairro de Cruz das Armas. A festa ocorria em uma rua que havia sido interditada pelos participantes sem autorização dos órgãos de trânsito. A PM recebeu denúncias sobre aglomerações, som alto e outras práticas ilegais que tinham no evento. Ao serem surpreendidos pela chegada do BOPE, participantes da festa jogaram garrafas em direção aos policiais, que reagiram usando instrumentos de menor potencial ofensivo. Ninguém ficou ferido.

O preso com a arma foi apresentado na Central de Flagrantes, no Geisel. Os organizadores do evento, bem como os responsáveis por colocarem paredões de som de carro no local, devem ser investigados e podem responder na justiça.

Redação

 
 
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Polícia intercepta fuga de suspeitos de tentativa de homicídio em Patos

A Polícia Militar interceptou a fuga de dois suspeitos de tentar matar um homem a tiros, na noite dessa sexta-feira (22), no bairro do Jatobá, na cidade de Patos, no…

Idoso é assassinado a golpes de faca enquanto dormia, em Pombal

Na noite desse sábado (23) um idoso de 67 anos foi assassinado a golpes de faca na cidade de Pombal, no Sertão da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, o…