Uma quadrilha suspeita de roubo, receptação, tráfico de drogas e adulteração de veículos foi presa em flagrante na cidade de Campina Grande, nesta terça terça-feira (12). O grupo formado por quatro pessoas foi preso no bairro José Pinheiro, com cerca de 30 mil peças de roupas, além de drogas, veículos e outros objetos.

 

De acordo com as informações da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil, que está a frente da investigação, a suspeita é de que os quatro tenham evolvimento com os ataques registrados contra lojas em Campina Grande. A ação foi deflagra no fim da tarde.

 

Com os suspeitos, a Polícia Civil encontrou 30 mil peças de roupas, dois veículos adulterados, cerca de 2 quilos de maconham, baterias veiculares em gel, além de outros objetos, que a Polícia Civil suspeita que sejam roubados.

 

Os quatro envolvidos foram levados para a Central de Polícia Civil, ainda na noite desta terça-feira. O delegado Cristiano Santana informou que dará mais detalhes sobre a operação e a investigação em uma coletiva marcada para as 10h30 (horário local), desta quarta-feira (13), na Central de Polícia Civil, no bairro Catolé.

 

Redação com G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Detentos fogem de cadeia pública de Sumé, na manhã deste domingo

Uma fuga de detentos foi percebida na manhã deste domingo (25), quando quatro apenados fugiram da Cadeia Pública de Sumé, no Cariri da Paraíba. O diretor da unidade prisional, Valcir…

Grupo usou whatsapp para convocar “dia do fogo” no Pará, afirma polícia

Em Altamira, no Pará, município que lidera o número de incêndios e desmatamentos no Brasil, o Distrito de Cachoeira da Serra, um dos polos agrícolas mais disputados pelos agricultores, ainda…