No início da tarde desta terça-feira (6), agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Polícia Civil prenderam dois homens suspeitas de fazerem falsas blitzen para roubar veículos em rodovias da Paraíba.

Com a dupla a polícia apreendeu três armas de fogo,dois veículos adulterados, um aparelho para detectar rastreador de veículos e dezenas de vias falsas de  certificados de Registro de Licenciamento de Veículos, com o logotipo do Departamento de Trânsito da Paraíba (Detran/PB).

Os suspeitos foram capturados  no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Segundo a polícia, as armas apreendidas com os acusados são de uso restrito das forças de segurança. A dupla deve ser autuada por receptação e adulteração de veículos, falsificação de documentos públicos e posse ilegal de armas de fogo.

Informações repassadas pelo delegado Getúlio Machado dão conta que os homens também são suspeitos por realização de falsas blitzen. Machado acredita que a duplas se passava por agentes públicos para abordar as vítimas e efetuar o roubo dos carros.

No bairro dos Bancários, no momento da abordagem, um dos homens teria tentado escapar entrando justamente na casa do comparsa, mas o local foi cercado  e os policiais conseguiram prender os dois.

Uma mulher, que disse ter um relacionamento com um dos homens, estava na casa durante a abordagem e também foi detida. A polícia ainda não sabe se ela possui participação nos crimes.

A dupla foi levada à Central de Polícia, no bairro do Geisel, na Capital.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Professor acusado de assediar e estuprar alunas no Sertão é preso

A polícia prendeu, nesta terça-feira (22), um professor de 36 anos que dava aulas em uma escola particular de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. Ele é suspeito de assediar e…

Jovem é preso suspeito de estuprar menina de 11 anos no Sertão

A Polícia Civil prendeu em flagrante um jovem de 19 anos suspeito de estuprar uma uma criança, no Sertão da Paraíba. Com base em denúncia, a polícia descobriu que o…