Por pbagora.com.br

Os sindicatos dos policiais civis de Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Paraíba, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe decidiram aderir a uma paralisação de 24 horas na quarta-feira (21). O ato é organizado pela Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) e visa um nivelamento do salário dos policiais em todo o país e de melhores condições de segurança e infraestrutura para a categoria.

A Cobrapol disse, em nota divulgada na segunda-feira (19), que os policiais civis dos estados do Amazonas, Espírito Santo e Tocantins também participariam da paralisação. Entretanto, o sindicato do Amazonas informou ao G1 que não irá aderir à paralisação. Já no Espírito Santo, ainda será realizada assembleia para decidir se a categoria adere ou não ao ato convocado pela Cobrapol. Em Tocantins, não haverá paralisação local. Minas Gerais , São Paulo e Sergipe, que não estavam citados na nota da Cobrapol, também terão paralisação.

Paraíba
O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil da Paraíba informou que vai ter o efetivo reduzido na quarta-feira em apoio à mobilização nacional. O presidente do SSPC-PB, Erivaldo Henrique de Sousa, afirmou que as delegacias do estado permanecerão abertas, mas só vão registrar casos de flagrantes.

PBAgora

Notícias relacionadas

Empresário sócio do Tambiá Shopping morre em SP vítima da Covid-19

A família Vasconcelos Maia registou nesta segunda-feira (12), luto devido a morte do empresário José Vasconcelos Maia, em São Paulo, vítima da Covid-19. José Vasconcelos, como era mais conhecido, era…

Motociclista morre após colidir com carro na Grande João Pessoa

Um grave acidente tirou a vida de um motociclista em João Pessoa noite deste domingo (11), O motociclista morreu após colidir na traseira de um carro, no bairro Mário Andreazza…