Por pbagora.com.br

A Polícia Militar conseguiu evitar mais um crime de violência doméstica, desta vez, na cidade de Guarabira. Um homem foi preso suspeito de tentar matar a mulher no ambiente de trabalho da vítima. O caso aconteceu dentro de um posto de saúde, onde ela, que era a recepcionista do plantão, foi atacada com socos, pontapés e por pouco não teve a vida tirada.

A vítima, de 38 anos, foi salva por um oficial da PM que estava de folga. Ele passava pelo local com a família, em um carro, quando estranhou a correria de pessoas saindo de dentro da unidade de saúde.

“Desci do carro, perguntei o que estava acontecendo e disseram que tinha um homem com um pedaço de vidro tentando matar uma mulher lá dentro. Rapidamente entrei, presencie ele chutando, dando murros e tentando cortar o pescoço dela com um pedaço de vidro que ele quebrou de um armário do local. Rendi o suspeito imediatamente e pedi apoio do policiamento local”, contou o tenente Rodrigues.

O suspeito é feirante e tem 28 anos. Ele estava convivendo com a vítima há apenas três meses e teria praticado o crime por ciúmes, conforme a primeira versão apresentada. Ele foi autuado por tentativa de feminicídio, na delegacia de Guarabira.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bandidos amarram vigilante em tentativa de assalto a posto em JP

O vigilante de um posto de combustível foi refém de criminosos durante uma tentativa de assalto na madrugada de hoje (10), em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar,…

Suspeito é preso com mais de 300 embalagens de droga, em Santa Rita

A Polícia Militar apreendeu mais de 300 trouxinhas de maconha prontas para a venda e 20 pedras de crack com um suspeito de 21 anos, nesse domingo (9), em ação…