A Polícia Militar conseguiu evitar mais um crime de violência doméstica, desta vez, na cidade de Guarabira. Um homem foi preso suspeito de tentar matar a mulher no ambiente de trabalho da vítima. O caso aconteceu dentro de um posto de saúde, onde ela, que era a recepcionista do plantão, foi atacada com socos, pontapés e por pouco não teve a vida tirada.

A vítima, de 38 anos, foi salva por um oficial da PM que estava de folga. Ele passava pelo local com a família, em um carro, quando estranhou a correria de pessoas saindo de dentro da unidade de saúde.

“Desci do carro, perguntei o que estava acontecendo e disseram que tinha um homem com um pedaço de vidro tentando matar uma mulher lá dentro. Rapidamente entrei, presencie ele chutando, dando murros e tentando cortar o pescoço dela com um pedaço de vidro que ele quebrou de um armário do local. Rendi o suspeito imediatamente e pedi apoio do policiamento local”, contou o tenente Rodrigues.

O suspeito é feirante e tem 28 anos. Ele estava convivendo com a vítima há apenas três meses e teria praticado o crime por ciúmes, conforme a primeira versão apresentada. Ele foi autuado por tentativa de feminicídio, na delegacia de Guarabira.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia desarticula laboratório e ponto de venda de drogas em JP

A noite dessa segunda-feira (21) terminou com mais uma apreensão de drogas e um laboratório para refino de entorpecentes desarticulado pela Polícia Militar. Desta vez, os dois pontos utilizados pelo…

Justiça retoma apreciação de ação proposta por Cartaxo para não ser punido pelo não pagamento de emendas impositivas

Nesta quarta-feira (23), o Tribunal de Justiça da Paraíba, retoma a apreciação da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) protocolada pela Procuradoria-Geral do Município de João Pessoa que solicita que o…