O homem apontado como autor da morte de um gesseiro, ocorrida no interior do Estado, deverá passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (27), segundo informações da Polícia Civil. Ribamar Fernandes Canuto, de 34 anos, foi preso nessa segunda-feira (25), por equipes da Delegacia Seccional da cidade de Esperança, no interior da Paraíba. A prisão ocorreu em menos de 24 horas após a prática do delito.

Ele é apontado pelas investigações como executor da morte de Thiago Nascimento Araújo, assassinado a tiros na noite do último domingo (22). O fato ocorreu no interior de um sítio, na zona rural de Esperança.

Segundo o delegado Danilo Orengo, da Seccional de Esperança, os investigadores conseguiram localizar a arma usada no crime. “Foram encontradas três espingardas. Uma delas foi usada no crime. Além disso, encontramos cartuchos e cápsulas que estavam ao lado do corpo da vítima. Os materiais passarão por perícias que farão confronto balístico e a constatação de disparos”, informou.

Para a Polícia, que considera o caso totalmente elucidado, o crime foi motivado por rixas antigas entre vítima e acusado. “Trata-se de um homicídio qualificado. Há informações de que o homem morto teria tentado aliciar uma filha da atual companheira do suspeito que está preso”, acrescentou o delegado.

O suspeito já foi encaminhado para a audiência de custódia no Fórum de Esperança e já se encontra à disposição da Justiça.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Grávida é presa suspeita de realizar assaltos em bairros de João Pessoa

A Polícia Militar prendeu uma mulher de 22 anos, grávida de quatro meses, acusada de praticar vários assaltos, nos últimos dias, em bairros de João Pessoa. Ela praticava os roubos…

Grupo que saqueou supermercado em JP diz que agiu por fome

Um grupo de pessoas que residem em uma ocupação localizada no bairro Cidade Verde, em João Pessoa, assumiu a autoria do saque realizado na noite do último sábado a um…