Por pbagora.com.br
Imagem ilustrativa

Após receber denúncias pelo Disque 197, a Polícia Civil prendeu, no fim da manhã desta quarta-feira (26), duas mulheres suspeitas de atuarem no tráfico de drogas e exploração sexual de uma criança de 12 anos. A vítima dos abusos é a própria filha de uma das suspeitas.

Além das duas mulheres presas, os policiais ainda apreenderam um adolescente que estaria praticando exploração sexual contra a criança e ainda atuando no tráfico de drogas .

Entorpecentes também foram localizados e apreendidos pela Polícia Civil. As prisões ocorreram no bairro do Gramame, em João Pessoa, e foram realizadas por equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Capital (DRE).

Segundo informações do delegado Bruno Germano, da DRE, os policiais receberam informações do Disque 197 de que um apartamento situado em Gramame estava sendo usado como ponto de exploração sexual de uma criança e de tráfico de drogas .

“Essa mulher, a mãe, estaria corrompendo a criança para ser explorada sexualmente por outros adolescentes. Além disso, a mãe estaria corrompendo a filha para traficar drogas”, informou o delegado .

No local, a Polícia encontrou 50 papelotes de maconha prontos para o consumo, duas mudas da planta. Um adolescente também envolvido nos atos ilícitos foi conduzido para a delegacia, juntamente com a criança de 12 anos.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais de 1.300 pessoas continuam desaparecidas na PB, afirma promotora

O desaparecimento de mais de 1300 pessoas na Paraíba, nos últimos 13 anos, tem levado muitas famílias a seguirem a vida com o sentimento e a dor de um “luto…

Madastra é presa suspeita de morte de criança em Campina Grande

A Polífia Civil prendeu uma mulher suspeita da morte de menino de 4 anos na Paraíbna. A prisão acontteceu após o resultado da perícia realizada pelo Núcleo de Medicina e…