A Polícia Civil prendeu cinco pessoas presas em Campina Grande. A operação da PC teve tinha o objetivo de prender suspeito de roubos a residências, mas acabou flagrando uma pessoa armada. Além disso, parentes dos suspeitos conduzidos foram presos depois de serem vistos ameaçarem vítimas na Central de Polícia Civil.

De acordo com a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), a operação Compadecida cumpriu mandados nos bairros Jeremias, Estação Velha e Três Irmãs. A Polícia estava em busca de dois homens suspeitos de envolvimento no roubo de uma casa, que ocorreu no último domingo (7), no bairro Centenário.

No roubo, quatro pessoas invadiram uma casa, renderam uma família inteira que foi amarrada. Depois foram levados vários objetos e dois veículos. Os carros haviam sido recuperados. Dos quatro suspeitos, dois já havia sido reconhecidos por câmeras que flagraram parte da ação.

Desses dois suspeitos identificados, o Polícia Civil conseguiu prendeu um que tem 26 anos e o outro conseguiu fugir. Durante as buscas, no bairro Estação Velha, um homem de 41 anos foi flagrado com uma arma de fogo.
Quando os suspeitos foram conduzidos para a Central de Polícia Civil, familiares foram flagrados ameaçando vítimas e receberam voz de prisão pelo crime de coação no curso do processo.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Com tornozeleira eletrônica, acusado de homicídio é preso com arma em Santa Rita

A Polícia Militar apreendeu um revólver calibre 38 cheio de munições, durante rondas realizadas pela Força Tática do 7º Batalhão, na tarde desta sexta-feira (16), no bairro Várzea Nova, em…

Homem é preso com arma e munição no Sertão da Paraíba

Na tarde dessa sexta-feira (16), policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem por porte ilegal de armas. O suspeito, de 66 anos, estava com um revólver. A…