Por pbagora.com.br

A Polícia Militar prendeu, na noite dessa quinta-feira (12), mais dois suspeitos de praticar assaltos a ônibus na cidade de João Pessoa. Um dos acusados é apontado como participante de vários roubos a coletivos e foi preso no momento em que planejava assaltar mais um, no bairro do Cristo Redentor. Com eles, sobe para sete o número de suspeitos de assaltos a ônibus presos nas últimas 24 horas, na Capital paraibana.

 

O acusado de vários assaltos a ônibus é o auxiliar de pedreiro Josemar Bernardo, 22, que foi interceptado por uma equipe da Força Tática do 1º Batalhão de Polícia Militar dentro de um ônibus que faz a linha 208 (Vale das Palmeiras), quando o veículo passava pela comunidade Novo Horizonte, no bairro do Cristo.

 

Segundo o cabo João Evangelista, o suspeito estava com uma faca se preparando para anunciar o assalto. “Assim que abordamos o ônibus, percebemos o jovem em atitude suspeita e quando ele foi revistado encontramos a faca por baixo da camisa dele. Assim que realizamos a prisão do suspeito, vários passageiros contaram que já foram vítimas de Josemar em assaltos dentro dos ônibus”, contou o policial militar.

 

O acusado foi levado para a 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira, juntamente com testemunhas.

 

Na mesma noite, próximo ao Centro Histórico do Varadouro, os policiais do Batalhão de Operações Especiais perseguiram e prenderam José Alisson Cardoso da Silva, 18, que tinha acabado de assaltar um ônibus da linha 204 (Cristo-Rangel). O suspeito simulou que estava armado para praticar o assalto e com ele foi recuperado todo o dinheiro roubado. Ele foi encaminhado para a 1ª Delegacia Distrital, em Cruz das Armas.

 

Ações – Durante a quinta-feira (12) foram realizadas sete prisões de suspeitos de assaltos a ônibus em João Pessoa. A Polícia Militar fez bloqueios policiais nos corredores da Capital e abordou ônibus em diversos bairros e comunidades. Segundo o comando do policiamento regional metropolitano, mais de 200 ônibus coletivos passaram por revistas nas ações.

 

O comandante do policiamento, coronel Jeferson Pereira, avaliou os resultados das ações e disse que elas continuam sem prazo para acabar. “Os resultados já surgiram com a retirada desses suspeitos de circulação, estamos tendo a compreensão da população que entende esse trabalho preventivo e vamos continuar para promover a segurança das pessoas”, comentou.



Secom

Notícias relacionadas

Homem é esfaqueado na cabeça após discussão em João Pessoa

Na manhã deste domingo (18), um homem esfaqueado na cabeça durante uma discussão. A suspeita seria uma mulher. A agressão aconteceu no bairro do Valentina, na Zona Sul de João…

Casal é preso suspeito de lançar drogas em presídios de João Pessoa utilizando drones

A Polícia Civil deteve um casal suspeito de arremessar drogas em presídio de João Pessoa. A captura foi feita neste sábado (17). De acordo com informações da polícia, o homem…