Por pbagora.com.br

Um dos foragidos mais procurados pelas forças de segurança da Paraíba foi preso, nessa quinta-feira (20), pela Polícia Civil, na cidade de Cajazeiras. Além dos crimes de tráfico de drogas e homicídios, o homem foi  condenado pela Justiça a uma pena de quase dez anos por atacar um caixa eletrônico em uma repartição pública de João Pessoa.

As investigações foram realizadas por equipes da Delegacia de Crimes Contra Pessoa da Capital ( DCCPes). A prisão mobilizou equipes de três delegacias, situadas nas cidades de  João Pessoa, Cajazeiras e Itaporanga.

Segundo informações do delegado Carlos Othon, o homem é responsável por várias mortes. “O acusado era um dos criminosos mais procurados da Paraíba, investigado por tráfico de drogas e vários homicídios, inclusive um duplo homicídio ocorrido na feira de Jaguaribe, em João Pessoa,  em março do deste ano, fato confessado por ele”, afirmou o delegado.

No momento da prisão, o foragido estava de posse de uma pistola, que havia sido modificada para fazer vários  disparos rápidos e seguidos,  como uma espécie de submetralhadora. Ainda foram encontradas diversas munições, entorpecentes,  dinheiro, além de anotações e comprovantes de depósitos bancários.

Ainda de acordo com o delegado, o homem participou de um ataque ocorrido na  Comunidade Paulo Afonso, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, em fevereiro deste ano, em que foram feitos vários disparos com armas de fogo, incluindo fuzis.

“A prisão é fruto de uma investigação de seis meses, visando o combate estratégico às organizações criminosas que atuam em João Pessoa”, informou Othon.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende suspeito de tráfico e porte ilegal de arma em Solânea

Um homem foi detido, nessa sexta-feira(18) na cidade de Solânea, após ser encontrado com uma arma de fogo e entorpecentes. A prisão foi registrada durante a Operação Cidade Segura, realizada…

Mais de 30 aves silvestres eram mantidas em cativeiros, em João Pessoa

A Polícia Militar apreendeu 36 aves silvestres de várias espécies, nessa quinta-feira (17), após o atendimento de duas denúncias que indicavam que os animais estavam sendo mantidos em cativeiros, nos…