Mais um acusado de assalto a banco, com uma vasta ficha criminal, foi preso pela Polícia Militar nas primeiras horas desta segunda-feira (5). A prisão do homem de 32 anos aconteceu no município de Remígio, a 157 quilômetros de João Pessoa. Ele já responde na Justiça pelos crimes de roubo, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, e havia sido preso temporariamente durante Operação Carbono, em 2017, realizada pelas polícias Civil, Militar e Federal, que prendeu suspeitos de ataques a instituições financeiras.

Desta vez, o acusado foi localizado pelos policiais militares da Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motocicletas (Rotam), do 15º Batalhão. “Os policiais estavam em rondas quando flagraram um veículo em alta velocidade, com placa da cidade de Fortaleza, na entrada de Remígio. O condutor ainda tentou fugir com o veículo da abordagem, mas o carro colidiu com uma barreira, sendo detido pelos policiais”, disse o major Nicolau Terceiro, comandante do 15º BPM.

Durante a abordagem ao motorista, foi constatado que, contra ele, existiam dois mandados de prisão em aberto por crimes contra instituições bancárias. “Um primo do acusado também era envolvido em ataques a banco e morreu em confronto com a polícia, após um roubo a um desses estabelecimentos em Cuité”, explicou o major.

O acusado, que há cerca de três meses já tinha sido preso pela Rotam por porte ilegal de arma, foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Esperança.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Organizadores de festa em JP com suposta exploração sexual são identificados

Três pessoas foram identificadas ontem (21) como responsáveis pela festa que foi cancelada pela Vara da Infância e da Juventude por suspeita de exploração sexual de adolescentes no bairro do…

PM descobre casa usada como laboratório para refinar cocaína em JP

A Polícia Militar através de uma operação desarticulou uma casa que era usada como laboratório para refinar cocaína no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Na casa foram presas quatro…