A Polícia Federal investiga o sumiço de mais de R$ 1 milhão de uma agência bancária, em Quixadá (CE), no fim de semana. Os funcionários só perceberam que o cofre havia sido invadido na segunda-feira (16).

 

 

Os ladrões teriam cavado um túnel que começa em um lava-rápido abandonado, passa pela galeria de águas pluviais e termina dentro do banco.

 

 

Segundo o delegado Hilder Brito, da Delegacia de Roubos e Furtos de Fortaleza, uma equipe de peritos da Polícia Federal chegou ao local do roubo na noite da segunda-feira. Na manhã desta terça-feira (17), bombeiros e os peritos das polícias Civil e Federal devem entrar no túnel.

 

O banco fica no centro comercial da cidade, que é uma área de muito movimento e está passando por obras de saneamento.

 

 

Alguns suspeitos já começaram a ser investigados. A polícia quer saber se os ladrões têm ligação com a mesma quadrilha que roubou o Banco Central de Fortaleza, em 2005.

 

G1

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Acidentes com moto geram 82% das internações durante quarentena

O impacto dos acidentes de trânsito na saúde pública cresce anualmente, de acordo com especialistas. Segundo dados, da Polícia Rodoviária Federal na Paraíba (PRF-PB) durante o período do isolamento social…

Procurado pela Justiça por tráfico é preso em barreira sanitária

A Polícia Militar prendeu um procurado da Justiça que estava com um mandado de prisão por tráfico de drogas, no fim da manhã desta quinta-feira (28), em uma das barreiras…