A Paraíba o tempo todo  |

Polícia investiga morte de bebê de oito meses que teria sido asfixiado por mãe em João Pessoa

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Polícia Civil investiga morte de bebê de 9 meses em condomínio de João Pessoa. A suspeita é que a mãe teria cometido o ato em surto psicótico.

O acidente aconteceu na manhã deste sábado (9), em um condomínio localizado no bairro do Bessa, e a suspeita inicial é que o menino tenha sido asfixiado pela própria mãe, durante surto psicótico.

De acordo com informações repassadas pela polícia, familiares relataram que acordaram com barulhos provocados pela mãe da criança, que chorava copiosamente, sofrendo uma espécie de surto. Ela segurava e apertava o bebê.
A perícia informou que a causa da morte foi asfixia e deve ter ocorrido por volta das 3h da manhã. Não se sabe se a morte foi intencional ou acidental. ”Como ela estava em surto, talvez não tenha percebido que estava apertando a criança com força. A gente não tem como saber o que aconteceu”, disse o delegado Ademir Fernandes, que atendeu a ocorrência, .

Os familiares chegaram a tomar a criança da mãe, mas não foi o suficiente para preservar a vida do bebê. A provável causa da morte é por asfixia, mas somente o laudo pericial é que poderá confirmar.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe