Por pbagora.com.br

A Polícia Militar frustrou uma ação criminosa contra o Banco do Brasil que fica ao lado da Praça do Trabalho, na madrugada desta sexta-feira (30), em Campina Grande, e prendeu em flagrante os dois suspeitos do crime com vários materiais que estavam sendo usados para arrombar a agência.

Os acusados, de 21 e 26 anos, estavam com luvas, alicates, ferramentas pé de cabra, chaves de fenda e até mantas térmicas. Eles estavam se preparando para violar caixas e o cofre do banco, quando foram surpreendidos pela PM, já na parte de dentro da agência.

De acordo com o comandante do 2º Batalhão, tenente-coronel Lucas, pessoas que passaram pela agência ligaram para o Ciop (Centro Integrado de Operações Policiais) alegando que tinham percebido algo estranho na agência. “As guarnições do 2º Batalhão, ao comando do tenente Evaldo, estavam em rondas nas proximidades e chegaram rapidamente ao local, onde fizeram uma varredura pela parte de trás da agência e surpreenderam os suspeitos quando estavam se preparando para agir”, contou.

Os dois presos foram apresentados no Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp), no Parque do Povo.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dupla é presa ao tentar arremessar drogas para dentro de presídio, em CG

A polícia prendeu dois homens, um de 19 e outro de 45 anos, em flagrante na madrugada deste sábado (26). A dupla é suspeita de tentar jogar drogas dentro do…

Polícia apreende menor por comercialização de drogas em Sousa

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho desenvolvido pelo Grupo Tático Especial (GTE) da 19ª Seccional na cidade de Sousa, apreendeu um menor infrator por tráfico de entorpecentes. A…