A Polícia Federal na Paraíba quer ouvir o deputado federal Luiz Couto (PT) para apurar as ameaças de morte que o parlamentar afirma sofrer desde que passou a investigar a ação de grupos de extermínio entre os estados da Paraíba e Pernambuco. O deputado já chegou a contar com a proteção de dois policiais federais, mas perdeu o benefício desde junho do ano passado.

Segundo a diretoria executiva da Polícia Federal na Paraíba, o pedido de segurança feito pelo Partido dos Trabalhadores ao ministro da Justiça Tarso Genro se encontra na Divisão de Segurança de Dignitários da PF, em Brasília.

Ainda de acordo com as informações da PF, o depoimento de Luiz Couto é fundamental para avaliar a necessidade da proteção policial, além disso, a partir dele pode se determinar a abertura de um inquérito para identificar os responsáveis pelas ameaças.
 

Da Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MP investiga: esquema de propina chegava até R$ 100 mil no Corpo de Bombeiros

O Ministério Público através do seu Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial deflagrou hoje (23) uma operação em um prédio do Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa. As primeiras…

Homem é morto a tiros dentro de sua residência na cidade de Bayeux

Mais um assassinato brutal, ocorreu na noite noite desta quinta-feira (22), no município de Bayeux, na Grande João Pessoa. A vítima foi identificada como Antônio Ferreira de Farias. Segundo informações…