Por pbagora.com.br

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou na manhã desta quarta-feira (09), a Operação Aratu, que tem como objetivo reprimir a ação de quadrilhas voltadas para o tráfico de drogas com atuação em vários estados da federação.AO todo a PRF Polícia na Paraíba cumpre 34 mandados de busca e apreensão e 18 de prisão com o objetivo de reprimir a ação de quadrilhas voltadas para o tráfico de drogas com atuação em Paraíba, Pernambuco, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal. A Operação Aratu investiga os grupos criminosos há dois anos.

Os grupos criminosos vêm sendo investigados ao longo dos últimos dois anos, tendo a Polícia Federal apreendido nesse período diversos carregamentos de drogas e armas de fogo de grosso calibre. Também foram descobertas informações que ajudaram na elucidação de crimes como homicídio e sequestro.

Estão sendo cumpridos 34 mandados de busca e apreensão nos estados da Paraíba,
Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal, além de 18 mandados de prisão na Paraíba, Bahia, Pernambuco e no Distrito Federal.

Participam dessa fase da investigação 200 policiais federais. De acordo com a PF, os investigados devem ser indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ou porte de arma de fogo de uso restrito.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem é preso ao tentar aliciar menores na cidade de Sertãozinho

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho realizado pelo plantão da 8ª Seccional nas cidades de Belém e Pirpirituba, deu cumprimento a mandado de prisão nesse domingo (20)…

Sessão termina em pancadaria, em Câmara Municipal do Sertão da PB

Nesse domingo (20), uma sessão da Câmara Municipal de Cacimbas, no Sertão paraibano, terminou em pancadaria. As informações são de que um funcionário da Casa foi agredido e empurrado contra…