A Paraíba o tempo todo  |

Polícia encontra roupa suja de sangue na casa de suspeito de matar Anielle

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A polícia encontrou na casa do suspeito de estuprar e matar Anielle Teixeira uma roupa suja de sangue que seria a mesma utilizada pelo homem na madrugada em que ele levou a criança, de 11 anos, de um quiosque onde dormia com a mãe e irmãos.

De acordo com a delegada Luísa Correia, responsável pelo caso, em um vídeo onde o suspeito, conhecido como Alex, aparece no quiosque, na madrugada em que a menina foi levada, imagens mostram ele com a mesma roupa localizada na casa dele.

“A roupa foi encaminhada para exames e estamos aguardando os resultados”, disse ao PalamentoPB a delegada.

Segundo a delegada, ainda nesta quarta-feira (8) será protocolado o pedido de prisão do suspeito. “Já temos um suspeito identificado”, disse.

Ela disse que estão sendo realizadas várias diligências para localizar o suspeito.

O corpo da criança foi encontrado na manhã de hoje. O cadáver estava em uma área de mata no bairro do Miramar, na lateral do supermercado Pão de Açucar, em João Pessoa. Segundo as informações da polícia, a menina estava sem roupas e os sinais seriam de crime sexual e esganadura. Pelo estado de decomposição, estima-se que a morte teria acontecido ainda no domingo, dia em que ela desapareceu.

Anielle Teixeira, de 11 anos, desapareceu na praia do Cabo Branco no início da manhã do domingo, 5.

Anielle havia sido vista pela última vez por volta das 5h de domingo. Ela, a mãe e sete irmãos dormiram em um quiosque depois de passar a tarde na praia. A família pretendia voltar para casa no Jardim Veneza depois de tomar banho de mar na manhã de domingo. Aproximadamente às 4h30, no entanto, um homem se aproximou do local, conversou com a menina e depois ela saiu com ele.

A mãe, Cíntia Teixeira, dormia no momento e só percebeu que Anielle não estava mais perto dela quando acordou.

O principal suspeito do assassinato é conhecido apenas como Alex e teria trabalhado em outro quiosque da praia. As informações são do ParlamentoPB

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe