A Paraíba o tempo todo  |

Polícia Civil irá investigar assassinato de pré-candidato em Pedras de Fogo

A Polícia Civil irá investigar o assassinato do empresário Abson Matos Paiva, conhecido em Pedras de Fogo pelas críticas à gestão do prefeito Dedé Romão, que foi assassinado, na noite dessa quarta (05), na cidade de Itambé.

Abson fazia inúmeras denúncias de supostas irregularidades na prefeitura de Pedras de Fogo.

Em um dos últimos áudios, que circulou nos grupos de whastapp, o empresário revelou que estava sendo ameaçado de morte e afirmava que não iria se intimidar.

A polícia já começou a colher os primeiros depoimentos para tentar elucidar o caso.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe