Foto: Secom

Em mais uma ação contra grupos que atacam instituições financeiras, a Polícia Militar apreendeu explosivos que provavelmente seriam utilizados contra bancos, caixas eletrônicos ou cofres. Os explosivos estavam em uma casa e foram encontrados pela PM, no fim da tarde desta quinta-feira (10), no distrito de Camaratuba, município de Mamanguape, no litoral norte do estado.

O material foi apreendido pela 2ª Companhia Independente (2ª CIPM), a partir de orientações da Coordenadoria de Inteligência da PM (COInt). Os dois encartuchados de emulsão explosiva, quatro cordéis detonantes e espoletas foram localizados em uma sacola, em cima de um guarda-roupa. “Uma suspeita, proprietária da casa, foi presa no local. Descobrimos também que em outra residência dela estava uma motocicleta com registro de roubo, veículo este que foi recuperado”, explicou o major Alberto Filho, comandante da 2ª CIPM. Também foi localizada uma barra de ferro, que é comumente usada para violar caixas e cofres.

“Segundo a Coordenadoria de Inteligência, o material estava guardado para ser usado em um ataque contra banco que provavelmente ocorreria ainda esta madrugada, mas que devido à esta ação da PM, foi frustrado”, disse o oficial. A suspeita tem 35 anos de idade e, segundo os policiais que fizeram a prisão, ela tem familiares envolvidos em atividades criminosas.

A mulher foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil de Mamanguape para os procedimentos cabíveis na forma da lei.

 

Secom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em CG, vila servia de base para operar esquema de tráfico de drogas

Cinco pessoas foram presas em flagrante, no início da tarde desta segunda-feira (21), em mais uma ação da Polícia Militar para combater o tráfico de drogas, desta vez na cidade…

Idoso é preso em Campina Grande suspeito de abusar de criança

Um homem de 62 anos, dono de um bar no bairro Jardim Quarenta, em Campina Grande, é suspeito de abusar de um menino de 10 anos. Segundo as informações policiais…