A Polícia Militar apreendeu sete armas de fogo em João Pessoa, Campina Grande e Patos, nas ações realizadas nessa terça-feira (21), com o objetivo de prevenir os crimes contra a vida, roubos e combater o tráfico de drogas. Nove suspeitos foram detidos, não só por portarem armas ilegalmente, mas em alguns casos por estarem usando os objetos em ações criminosas de roubo e tráfico.

Três deles, sendo dois adolescentes e uma jovem, foram flagrados com uma pistola e um revólver, no bairro do Cristo, na madrugada desta quarta-feira (22). Eles são suspeitos de assaltar um homem, na rua principal do bairro. O celular da vítima foi recuperado.

Ainda na capital, a PM abordou uma moto, no bairro de Mandacaru, e flagrou um homem de 21 anos com uma pistola na cintura, durante a noite. Em Mangabeira, foi apreendido um rifle perto da casa de um acusado de tráfico de drogas, que também foi preso.

Na cidade de Campina Grande, foi apreendido um revólver também durante abordagem a uma moto, no bairro do Serrotão. A arma estava com um suspeito de 19 anos. No bairro da Palmeira, a arma apreendida também foi um revólver e estava com dois acusados de roubar uma casa, no bairro Juracy Palhano.

E em Patos, um homem de 21 anos foi flagrado com um revólver, no bairro do Jatobá. Os policiais faziam rondas perto de uma área de lazer que tem na localidade, quando perceberam que algumas pessoas começaram a fugir, ao notarem a chegada da viatura. O suspeito, que foi preso, estava tentando fugir em um carro, mas foi impedido e no veículo a PM encontrou a arma, por baixo do porta-luvas.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Filho de policial militar é atingido por tiro na cidade de Mamanguape

Um tiro supostamente acidental atingiu na madrugada deste domingo (23), o filho de um policial militar, na cidade de Mamanguape, na Paraíba. O adolescente de 14 anos teria manuseado a…

PRF detém motorista que capota carro com 2kg de cocaína, na BR-230

Um motorista perdeu neste domingo (23) o controle do seu veículo, capotou e anda tentou fugi de uma ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar da Paraíba.…