Por pbagora.com.br

Um total de 179 aves silvestres foram resgatadas na operação Voo Livre, do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), em Guarabira, Brejo da Paraíba. A polícia também prendeu três homens.

De acordo com a Polícia Militar, a operação, que tem o objetivo de combater o tráfico de animais silvestres no estado, aconteceu na feira da cidade, na manhã deste sábado (5).

Operação da Polícia Ambiental resgata 179 aves silvestres em Guarabira, PB — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Operação da Polícia Ambiental resgata 179 aves silvestres em Guarabira, PB — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Um homem foi preso por expor à venda espécies da fauna silvestre e recebeu uma multa de R$ 9.500; o segundo foi preso por ter as aves em cativeiro e recebeu multa de R$ 7.500; já a terceira prisão foi de um homem que tentou bloquear a fiscalização.

Os animais apreendidos estão sendo levados para a sede do Batalhão de Polícia Ambiental, em João Pessoa, e de lá serão encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Cabedelo. Já os presos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil, em Guarabira.

Operação da Polícia Ambiental resgata 179 aves silvestres em Guarabira, PB — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Operação da Polícia Ambiental resgata 179 aves silvestres em Guarabira, PB — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Denúncia

A caça e os cativeiros ilegais de animais silvestres abastecem o comércio e o tráfico de fauna nativa, retirando da natureza milhares de espécies, que são postas em situação de maus-tratos e até morrem. A população pode denunciar através da Linha Verde do Ibama, pelo número 0800-61-8080.

Ter em cativeiro, vender, expor à venda, adquirir ou mesmo guardar animais silvestres é crime, com pena de seis meses a um ano de detenção. Quem é flagrado recebe multa no valor de 500 reais por cada animal apreendido com ele. Se a espécie for ameaçada de extinção, a pena é aumentada e a multa pode chegar a 5 mil reais por cada animal.

De acordo com o Ibama, as pessoas que desejam entregar voluntariamente qualquer animal silvestre, pode levá-lo diretamente ao Cetas, localizado na Floresta Nacional da Restinga de Cabedelo (Mata da Amem), na BR-230. Na entrega voluntária, não há autuação ou penalização.

Operação da Polícia Ambiental resgata 179 aves silvestres em Guarabira, PB — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Operação da Polícia Ambiental resgata 179 aves silvestres em Guarabira, PB — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem encontra mãe morta a tiros próxima à antiga Usina, em Santa Rita

Uma mulher foi encontrada morta na manhã de hoje (28), no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima tem perfurações…

Polícia prende suspeito de chefiar grupo criminoso de PE em João Pessoa

Um homem suspeito de chefiar uma organização criminosa que atua no estado de Pernambuco foi preso em João Pessoa, nesse domingo (27). O homem, de 28 anos, foi localizado no Bairro dos…