A polícia paraibana está fazendo um alerta para uma nova modalidade de conversa através de mensagens como mais um desafio que está surgindo através das redes sociais, principalmente pelo WhatsApp. Há cerca de um ano, adolescentes, crianças e, principalmente os pais se mostraram preocupados com a febre da “baleia azul”, que chegou a provocar mortes em vários locais do país.

 

Agora surge a Boneca Momo. Segundo o tenente-coronel Arnaldo Sobrinho, da Polícia Militar da Paraíba e coordenador executivo da Associação Internacional de Prevenção ao Crime Cibernético, um desconhecido escolhe sua ‘presa’ e envia uma foto da boneca através do WhatsApp.

 

A partir de então, começa uma extorsão até que a suposta vítima fique dominada. “Estamos monitorando esse novo jogo e quem se sentir prejudicado procure a polícia e denuncie”, salientou o militar, que também é coordenador do Centro Integrado de Operações Policiais, o Ciop.

 

De acordo com Arnaldo Sobrinho, recentemente foi registrado um caso de extorsão em João Pessoa usando a nova mensagem. Ele disse que uma jovem procurou a entidade que coordena na Paraíba para denunciar ter recebido mensagem de pessoa se passando pelo suposto perfil “amaldiçoado” e resolveu pedir ajuda das autoridades, no entanto, pediu sigilo por ser de maior e não sofrer represália.

 

O tenente-coronel Arnaldo Sobrinho compara essa nova ameaça como uma brincadeira sem graça. “Isso é uma palhaçada. Qualquer estabelecimento de ensino que estiver precisando de orientação deve nos procurar”, alerta. Arnaldo Sobrinho disse que as mensagens são golpes através de links desconhecidos, perfil falso de lojas com vários tipos de promoções e que, inadvertidamente, as pessoas são atraídas.

 

A Associação Internacional de Prevenção aos Crimes Cibernéticos possui uma equipe de cinco pessoas, todas pesquisadoras, que estão preparadas, e alerta para que esses falsos links não sejam acessadas. “A nossa entidade segue monitorando ações supostamente ligadas a momo do WhatSapp, tanto na Paraíba como nos demais estados”, disse o coordenador do Ciop.

 

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher morre após ser atingida por tiros em Patos, no Sertão da Paraíba

Uma mulher de 27 anos morreu após ser atingida por tiros na noite de sexta-feira (24), no município de Patos, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil,…

Polícia Militar prende suspeitos de assaltar loja no José Américo

A Polícia Militar prendeu os três suspeitos que participaram do assalto a uma loja de materiais de construção, no começo da tarde desta sexta-feira (24), no bairro do José Américo,…