A Paraíba o tempo todo  |

PM diz que bebê morto em JP não foi espancado e mãe não ficará detida

 O delegado Gustavo Carleto disse na noite desta quinta-feira (22), que não há indícios de que a adolescente de 15 anos tenha espancado e matado o bebê de três durante a tarde, filho dela, no Bairro dos Novais, em João Pessoa. Ele afirmou que, por enquanto, ela não vai ficar detida.

 

Ele afirmou que as equipes de perícia não constaram lesões no corpo da criança, que indiquem que ela foi espancada. Acompanhada do pai na Delegacia do Menor, a adolescente relatou que o bebê teve morte natural porque tinha uma hérnia.

 

A menor foi detida no começo da tarde desta quinta-feira (22), suspeita de espancar e matar o filho, uma criança de três meses. Em depoimento à polícia, ela teria negado o crime.

 

A Polícia Militar foi chamada para deter a menor e teve que reforçar a segurança na rua da casa da garota porque os vizinhos fizeram uma movimentação intensa no local. Não há detalhes de como ocorreu a morte do bebê e um laudo com os resultados da perícia deve ser divulgado nos próximos dias. A maior parte dos vizinhos que estava no local não tinha informações sobre o caso.

Redação com Correio

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe