A PF prendeu na tarde da última quinta-feira, 22 de setembro, em São Gonçalo do Amarante/RN, um aposentado de 66 anos e na Av. João Medeiros Filho, zona norte da capital, um camelô de 50 anos e um vendedor de veículos, de 38 anos, todos acusados de obtenção de um empréstimo fraudulento junto a Caixa Econômica Federal.

A ação aconteceu quando os policiais investigavam a conduta de um homem que havia procurado a agência de São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, para fazer um empréstimo no valor de R$ 10.600,00, porém durante a análise da documentação, verificou-se que o interessado usou uma identidade falsa.

Uma equipe da PF então se deslocou até aquela agência, ficando a espera do suspeito, que chegou minutos após acompanhado de mais dois comparsas, sendo que dois deles ficaram no interior de um veículo estacionado nas proximidades, enquanto o principal suspeito desceu e se dirigiu até a gerência. No momento em que ele assinava a papelada para receber o empréstimo consignado em conta, de imediato, foi reconhecido pelos policiais como sendo a mesma pessoa que havia sido presa pela PF, por prática de idêntico crime, em duas oportunidades anteriores.

Enquanto isso, do lado de fora da agência, os dois homens que o aguardavam desconfiaram da demora e resolveram fugir, mas como já estavam sendo observados por outros policiais da mesma equipe, foram alcançados quilômetros adiante.

O trio recebeu voz de prisão e em seguida foi levado para autuação na sede da Superintendência da PF, onde o aposentado confessou ser reincidente e acusou os outros dois parceiros de ter colaborado no crime, inclusive, na confecção do fictício documento de identidade encontrado em seu poder.
Por sua vez, tanto o camelô, quanto o vendedor de veículos, alegaram ser inocentes dizendo que apenas deram uma carona ao aposentado e “não sabiam o que ele fazia” no interior da agência.

Presos em flagrante por crime de estelionato qualificado, os três homens encontram-se recolhidos ao Centro de Detenção Provisória da Zona Sul, onde deverão permanecer à disposição da Justiça.
 

 

Ascom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia investiga morte de motociclista próximo a presídio feminino, em JP

A polícia deu inicio a uma investigação para identificar o(s) suspeito(s) de assassinar a tiros um motociclista, na noite de ontem (19), na lateral do Centro de Reeducação Feminina Maria…

Diversas viaturas da PM tiveram seus pneus furados na capital

Um ato de vandalismo, cometido na noite de ontem (19), tentou impedir que viaturas da Polícia Militar, saíssem e tiverem seus pneus furados,em vários bairros de João Pessoa. De acordo…