Por pbagora.com.br

PF, Ministério da Previdência e MPF deflagram operação Falso Chico e desarticula quadrilha que fraudava benefícios previdenciários na PB

Nesta quarta-feira (11), a Força Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou a OPERAÇÃO FALSO CHICO, que desarticulou uma quadrilha especializada na obtenção fraudulenta de benefícios previdenciários, mediante a utilização de documentos falsos.

Durante as investigações, que se iniciaram em meados de 2012, foi verificado que o principal integrante da quadrilha e mentor intelectual das fraudes reside em João Pessoa, mas possui em Campina Grande o seu principal colaborador, responsável, dentre outras coisas, por cooptar pessoas para se apresentarem ao INSS portando os documentos falsos confeccionados pela quadrilha.

Ademais, foi identificado que outro integrante desta quadrilha é um servidor do Estado, responsável pela coleta e preenchimento de fichas de identificação civil, gerando a falsificação de Carteiras de Identidade do Estado da Paraíba. De posse desses falsos RGs, a quadrilha consegue os demais documentos necessários para a obtenção fraudulenta dos benefícios previdenciários.

Até o presente momento foram identificados 30 benefícios fraudados pela quadrilha ao longo dos últimos 4 anos, que causaram um prejuízo total de R$ 725.250,00 aos cofres públicos.

O nome da Operação é "FALSO CHICO", pois a maioria dos nomes falsos utilizados pela quadrilha iniciavam-se com o nome próprio Francisco.
Estão sendo cumpridos 09 Mandados de Busca e Apreensão e 04 Mandados de Prisão nas cidades de JOÃO PESSOA e CAMPINA GRANDE, todos exarados pelo Exmo. Sr. Juiz Federal da 6ª Vara – Subseção Judiciária de Campina Grande/PB

 

As investigações descobriram que o chefe da quadrilha é da capital paraibana. Mas em Campina Grande conta com o apoio do “principal colaborador” do grupo criminoso. O suspeito daquela cidade tinha como função cooptar pessoas para se apresentarem com documentos falsos ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) confeccionados pela quadrilha.

 

Redação com Ascom

 

Notícias relacionadas

Homem é assassinado com disparo de arma no olho na cidade de Santa Rita

Um homem foi encontrado morto na manhã de hoje (19), no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima foi atingida…

Polícia apreende arsenal e prende dois suspeitos em cidade do Sertão paraibano

A Polícia Militar apreendeu oito armas de fogo e prendeu dois suspeitos nesse domingo (18), em uma ação realizada na cidade de Imaculada, no Sertão da Paraíba. De acordo com…