Por pbagora.com.br

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou, na manhã de hoje (04), a Operação FAKE MONEY, com objetivo de desarticular associação criminosa envolvida no tráfico de entorpecentes e comércio ilegal de cédulas falsas.

Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, nas residências dos investigados, nas cidades de Campina Grande e Alagoa Grande, e de seis mandados de prisão.

As ordens foram expedidas pela 1ª Vara de Entorpecentes de Campina Grande/PB. A operação contou com a participação de 30 Policiais Federais.

ENTENDA O CASO

As investigações se iniciaram no mês de abril de 2019, quando duas pessoas foram indiciadas pelo crime de moeda falsa. Contudo, a investigação demonstrou que a associação criminosa não se limitava ao repasse de
cédulas falsas, mas também ao tráfico de entorpecentes.

CRIMES INVESTIGADOS

Os investigados deverão responder pelos crimes de moeda falsa, tráfico de drogas e associação para o tráfico, cujas penas, somadas, podem ultrapassar 15 anos de reclusão.

NOME DA OPERAÇÃO

O nome da Operação, FAKE MONEY, é uma alusão ao início dos trabalhos investigativos, que tiveram por base o crime de moeda falsa.

Redação

Notícias relacionadas

Equipe do Samu é assaltada enquanto atendia paciente na Zona Sul de JP

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de João Pessoa foi atacada no final da noite desse sábado, no bairro Novo Geisel, em João Pessoa. A equipe…

Preso suspeito de assaltos em Pedras de Fogo que estava escondido em laje

A Polícia Militar prendeu, em flagrante, um suspeito de praticar assaltos a mão armada, nesse sábado (12), no Loteamento São Miguel, em Pedras de Fogo. Com o homem, a PM…