A Paraíba o tempo todo  |

PC-PB prende quadrilha interestadual que clonava veículos no NE

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O trabalho investigativo desenvolvido pela Polícia Civil da Paraíba na região de Campina Grande resultou na prisão de cinco pessoas envolvidas em quadrilhas especializadas na clonagem e adulteração de placas de veículos roubados em vários Estados do Nordeste. A ação foi realizada na sexta-feira (19), por equipes Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) da cidade, e foi denominada de ‘Espelho Mágico’.

Segundo o delegado Cristiano Santana, o grupo criminoso estava sendo investigado há quatro meses. “O foco da quadrilha era cinco estados: Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Bahia e Ceará. Levantamos os pontos de atuação do grupo e verificamos a alta rotatividade de veículos que eram roubados ou furtados no nosso estado e levados para outras unidades da federação, ou vice-versa. Esses carros eram ‘esquentados’, ou seja, sua documentação era supostamente regularizada, para serem vendidos. Por isso o nome da operação: Espelho Mágico, pois o espelho dos documentos é autêntico, mas com dados falsos”, explicou a autoridade policial.

No momento da abordagem, foram presos o policial militar reformado Vanderli Alves Venâncio, que era responsável pela distribuição e venda dos veículos; Anderson Sousa de Oliveira, que foi flagrado usando veículo clonado no exercício da atividade de transporte clandestino de passageiros; Lindinaldo Araújo de Souza, que adquiria e adulterava os veículos e os repassava para Vanderli; e os sergipanos Josivaldo Gomes Santos e Edenilton de Oliveira, conhecido como ‘Denison’, encarregados de vendas e transportes dos veículos clonados para os estados do Nordeste.

A Polícia Civil ainda apreendeu três veículos: um Space Fox, um Fox e uma caminhoneta.

“Acreditamos que os veículos eram encomendados e que as pessoas que os compram depois de esquentados sabem sua origem, já que adquirem por um preço bem abaixo do mercado. Dos veículos apreendidos, um foi roubado em São Paulo, outro no Distrito Federal e outro em Pernambuco”, comentou o delegado.

Todos os cinco presos foram autuados em flagrante por adulteração do sinal identificador de veículo, receptação, associação criminosa. Eles estão na Central de Polícia Civil, no bairro do Catolé, em Campina Grande, de onde serão encaminhados para audiência de custódia.

""

""

""

""

 ""

Secom

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe