Um paraibano, natural da cidade de Serra Branca foi morto por engano por um policial militar na cidade de Boituva, em São Paulo.

De acordo com as informações, o homem identificado como sendo André da Silva Galdino, de 37 anos, morava em São Paulo há dez anos e na madrugada do último domingo (24) estava alcoolizado quando foi abordado por policiais.

Ao determinarem que André se rendesse e lançasse um suposto objeto que trazia na mão ao chão, ele teria feito um sinal de que estava armado e iria revidar. Por conta disso um dos policiais atirou contra o paraibano.

Ele chegou a ser socorrido mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A polícia constatou que o objeto era na realidade um simulacro de arma de fogo. 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vingança? Homens são mortos a tiros após saída de presídio, em Santa Rita

A polícia investiga a morte de dois homens a tiros na noite de ontem (4), na comunidade do Cadeado, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Segundo a Polícia Militar…

Bandidos explodem agência bancária em Triunfo, no Sertão da Paraíba

Em plena pandema, os bandidos continuam explodindo bancos na Paraíba. O alvo desta vez foi agência bancária ,da cidade de Triunfo, no Sertão da Paraíba. O ataque aconteceu na manhã…