Um paraibano, natural da cidade de Serra Branca foi morto por engano por um policial militar na cidade de Boituva, em São Paulo.

De acordo com as informações, o homem identificado como sendo André da Silva Galdino, de 37 anos, morava em São Paulo há dez anos e na madrugada do último domingo (24) estava alcoolizado quando foi abordado por policiais.

Ao determinarem que André se rendesse e lançasse um suposto objeto que trazia na mão ao chão, ele teria feito um sinal de que estava armado e iria revidar. Por conta disso um dos policiais atirou contra o paraibano.

Ele chegou a ser socorrido mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A polícia constatou que o objeto era na realidade um simulacro de arma de fogo. 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jovem é encontrado morto a tiros e com mãos algemadas, em Areia

Um jovem foi encontrado morto na madrugada deste sábado (14), em Areia, no Brejo paraibano. Segundo informações policiais a vítima de 20 anos, foi encontrada com as mãos algemadas e…

Motorista de aplicativo fica ferido na cabeça durante assalto em JP

Na noite desta quinta-feira (12) um motorista de aplicativo ficou ferido durante um assalto no bairro Esplanada, em João Pessoa. De acordo com o próprio motorista ele recebeu uma chamada…