Por pbagora.com.br

O Paraguai entregou a autoridades brasileiras Giovanni Barbosa da Silva, considerado líder do Primeiro Comando da Capital, horas depois de uma tentativa de libertá-lo com um ataque à delegacia na qual estava preso.

A entrega foi feita na Ponte da Amizade, segundo o Ministério do Interior do país vizinho. Do lado paraguaio, participaram do procedimento funcionários do Departamento contra o Crime Organizado, do Ministério Público e da Direção Geral de Migração, com base no acordo de cooperação internacional entre as instituições policiais da Tríplice Fronteira.

O procedimento segue uma ordem do presidente paraguaio, Mário Abdo Benítez, que decretou a “expulsão imediata” de Giovanni, com casos pendentes no Brasil por tráfico de drogas e associação para o crime.

O chefe de governo fez o anúncio após as forças de segurança terem rechaçado um ataque de cerca de 20 homens armados para resgatar o líder do PCC, que foi preso na noite deste sábado em uma estrada pública na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil.

Os criminosos fizeram reféns três agentes da Polícia Nacional que estavam de guarda da sede da Investigação Criminal na cidade, um dos centros de operações do PCC no Paraguai. O ataque terminou com a libertação dos policiais e a detenção de dois supostos integrantes do grupo.

O Ministério do Interior anunciou a transferência dos dois detentos para a sede do Agrupamento Especializado da Polícia Nacional, em Assunção, para posteriormente responder ao Ministério Público.

Redação com R-7

Notícias relacionadas

PRF na Paraíba recupera veículo roubado em São Paulo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba recuperou um veículo roubado. A ação ocorreu na tarde da última segunda-feira (25), em Esperança, agreste paraibano. Os policiais fiscalizavam na BR 104…

PRF apreende motocicleta adulterada no agreste paraibano

A moto possuía placa com indícios de fabricação manual. A ação ocorreu no município de Lagoa de Roça, na Paraíba A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba recuperou, na manhã desta…