Por pbagora.com.br

Uma operação da Polícia Federal cumpriu uma ordem judicial na manhã de hoje (19), no município de Capim, no Brejo da Paraíba. A polícia investiga a emissão de documentos falsos para a obtenção de benefícios previdenciários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Esta é a segunda fase da operação Capim Fértil no estado.

Na primeira etapa, a PF afirmou que o prejuízo estimado aos cofres públicos é de R$ 4 milhões. A Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários afirma que um proprietário rural emitiu mais de 60 declarações falsas para pessoas que nunca trabalharam em suas terras, com objetivo de obter benefícios rurais previdenciários.

Entenda o caso –  Essa operação trata-se de desdobramento da Operação “CAPIM FÉRTIL” iniciada para investigar fraudes contra o INSS por requerentes de benefícios rurais previdenciários, que utilizavam documentos e declarações falsas para obter benefícios irregulares junto àquela Autarquia Previdenciária, totalizando mais de 60 empregados – conforme declarações expedidas.

O indício de fraude foi constatado a partir de denúncia anônima narrando que o proprietário do imóvel rural cobrava para emitir referidas declarações, sendo que nessa fase da operação foi possível identificar uma das autoras intelectuais e documentais do crime, que articulava a parte formal do delito.

Embasado nas provas constantes dos autos, a Autoridade Policial que preside o feito representou por mandado de busca e apreensão na casa de um(a) investigado(a), deferido pela Justiça Federal e cumprido pela Superintendência de Polícia Federal na Paraíba.

O crime resultou em um rombo de aproximadamente cinco milhões de reais aos cofres públicos, conforme divulgado pela Secretaria da Previdência. As investigações permanecem e a partir desse desdobramento, os materiais apreendidos serão analisados e confrontados para identificar eventuais participantes e sua posterior responsabilização.

Redação com PF

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem morre após sofrer descarga elétrica, em Bayeux

Uma homem, de 30 anos, morreu no início da tarde desta terça-feira (22), na cidade de Bayeux, Grande João Pessoa, após sofrer uma descarga elétrica em seu próprio estabelecimento comercial,…

Mais uma arma é retirada de circulação pela polícia na zona sul da capital

Mais uma arma de fogo foi apreendida, na madrugada desta terça-feira (22), no bairro de Gramame, na zona sul de João Pessoa. Equipes da Força Tática reforçavam as rondas na…