A Paraíba o tempo todo  |

PB: medidas protetivas concedidas a mulheres aumenta na pandemia

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O estado da Paraíba registrou um aumento no número de medidas protetivas registradas desde o início da pandemia. Segundo dados do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, o Poder Judiciário paraibano recebeu 2.427 solicitações de medidas protetivas, o que segundo a coordenadora das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher da Paraíba, Maísa Félix o número já é maior do que no início da pandemia.

“Ele não é um número alto, ainda não é a realidade do que temos de mulheres que sofrem violência e que não chegam a denunciar nas delegacias e nos serviços de referência”, disse. Segundo Maísa Félix o número já é maior do que no início da pandemia, devido à maior disponibilidade de serviços que facilitam as denúncias.

“É uma demonstração de que os serviços estão funcionando e que o estado da Paraíba dá essas plataformas de facilidade para que a mulher consiga denunciar. No início da pandemia tivemos uma retração nas denúncias, porque a vítima estava em maior convívio com o agressor e não conseguia chegar até a delegacia”, afirmou à delegada.

Saiba como denunciar:

197 – Polícia Civil (quando o fato já aconteceu)

123 – Ferramenta de denúncia do Governo do Estado

190 – Quando o crime contra a mulher está acontecendo

180 – Canal em nível nacional

Delegacia on-line – www.delegaciaonline.pb.gov.br

 

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe