Por pbagora.com.br

Muito se fala da violência contra candidatos que está correndo no estado do Rio de Janeiro, onde seis políticos já foram baleados no Rio de Janeiro em 2020, de acordo com levantamento feito pela plataforma Fogo Cruzado. Mas poucos sabem que essa realidade também ocorre no Nordeste, aliais é a região com mais casos.

O Nordeste é a região brasileira com o maior número de atentados e assassinatos políticos no país. É o que revela a pesquisa ‘Violência Política e Eleitoral no Brasil’, lançado recentemente pelas organizações Terra de Direitos e Justiça Global. No Nordeste, foram registradas 55 ocorrências. O estudo mapeou em todo o país, entre janeiro de 2016 e agosto de 2020, 125 atos violentos contra a vida. Uma média de, pelo menos, 27 casos de ataque à vida de mandatários eleitos e pré-candidatos por ano.

No estado do RJ, o caso mais recente é o do vereador da capital Zico Bacana, candidato à reeleição pelo Podemos, que levou um tiro de raspão na cabeça na noite desta segunda-feira (02). Foi o único caso em que um atentado contra a vida de um político registrado neste ano terminou com sobrevivente. Os outros cinco casos foram de políticos na Baixada Fluminense, nas cidades de Duque de Caxias, Magé e Nova Iguaçu.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Motorista é resgatado após carro capotar em trecho da BR 230, no Sertão

Um veículo capotou na manhã desta sexta-feira (4), na BR-230, entre as cidades de Junco do Seridó e Juazeirinho, e deixou um motorista ferido. A vítima foi identificada apenas como…

PC prende homem e recupera ares-condicionados da prefeitura de Alhandra

Uma investigação da Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Alhandra, com apoio de agentes do Núcleo de Homicídios da 6ª DSPC, prendeu em flagrante ontem (3) um…