Por pbagora.com.br

A mulher suspeita de atropelar um pedreiro em ciclofaixa na Paraíba foi é indiciada por homicídio culposo, após ser confirmada a morte cerebral da vítima. A informação foi confirmada em nota da Polícia Civil divulgada nesta sexta-feira (3), em João Pessoa.

O caso aconteceu na quarta-feira (1º), no bairro de Quadramares.
Segundo a delegada Cléa Lúcia Gomes, responsável pelo inquérito, uma equipe de investigadores foi até o local do acidente na tarde da quinta-feira (2) e fez um relatório sobre tudo o que foi coletado, além de solicitar as imagens do local e listar novas testemunhas.

A mulher já havia sido indiciada por lesão corporal culposa mas, após a confirmação da morte cerebral da vítima, o caso passou a ser tratado como homicídio culposo. A família de Walmir Pedro de Brito irá doar os órgãos da vítima.
Redação

Notícias relacionadas

Operação policial prende oito pessoas por mortes e tráfico em Patos

A Polícia Civil da Paraíba, em ação integrada com a Polícia Militar, realizou na manhã desta quarta-feira (3) uma operação para cumprir 20 mandados de busca e apreensão na região…

Polícia prende dupla suspeita de roubo em Pedras de Fogo

A Polícia Militar prendeu, nessa terça-feira (2), dois suspeitos de roubo que agiam no Litoral Sul da Paraíba. Com eles foi apreendida uma arma de fogo que era usada para…